Please reload

Posts Recentes

Formação Catequistas

September 26, 2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

A Família Contemporânea, tema do segundo dia da Semana Nacional da Família

August 14, 2019

 

No segundo dia da Semana Nacional da Família o tema abordado foi A realidade da Família Contemporânea. Segue trecho do assunto abordado:

 

O que é a Família Contemporânea? A família, hoje, é marcada pela diversidade. Os novos arranjos modernos levam a diversas configurações: 

- Família Nucelar: Pai, mãe e filho (s);

- Família Menores: com menos filhos;

- Famílias reconstituídas: Formada por casais que trazem filhos do primeiro casamento;

- Casamentos tardios: Há mais idosos se casando;

- Uniões precoce;

- Casais sem filhos por opção: Mais preocupados com a vida profissional;

- Recasamento: divorciados em novos casamentos;

- Família em que um dos pais é solteiro ou viúvo e cuida ativamente dos filhos;

- Uniões consensuais: Casais que preferem morar juntos sem formalizar a união.

 

Diante dessa realidade, podemos dizer que há uma família pensada, que seria a família que desejamos, que tem o pai como provedor, a mãe, que cuida do lar e filhos obedientes. 

E a família vivida que é a família do quotidiano, que se constrói na vida real dos dias atuais. após a revolução industrial e movimento feminista, também a família passou por uma transformação. Muitas mães de família passaram a trabalhar fora para ajudar no orçamento doméstico.

Porém, o que não podemos esquecer é que a família tem sua origem em Deus, ela nasceu da vontade e do coração de Deus. Ele criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança, também mandou que os homens crescessem e se multiplicassem, povoando a terra. E é das famílias que nascem todas as vocações. 

Como pais, em nosso subconsciente, gostaríamos de olhar para nossos filhos e nos ver a nós mesmo, e não alguém com personalidade própria. E é daí, muitas vezes que surgem os conflitos. esquecemos que devemos amar-nos como somos e aprender nas diferenças. Por isso mesmo, a família é lugar de reconstrução, que nos faz rever valores e atitudes, nos desaloja e nos ensina, onde vamos aprendendo a acolher o outro com seu jeito de ser, respeitando seus limites e mostrando os nossos limites. como diz o Papa Francisco, nossas famílias, são "laboratórios de humanização". 

É por isso que a família necessita vivenciar uma profunda experiência de Jesus e sua Palavra é compreender seu papel evangelizador na Igreja e na sociedade. É em nossas famílias que nossos filhos irão aprender que temos um Deus que nos ama antes mesmo que nós nascêssemos, que ele já tinha nosso nome gravado em suas mãos, que já estávamos no pensamento de Deus. Vão aprender a se dirigir a Deus em suas necessidades e mesas. Vão aprender a ser solidários com os necessitados, a olhar o outro com respeito. Que tudo podemos, mas nem tudo nos convém. Vão aprender a olhar seus pais como pessoas especiais que foram escolhidas para cuidar deles enquanto andarem por essa vida e vão reconhecer a hora de passarem eles a ser cuidadores de seus pais quando a velhice chegar. Cabe aos pais, ensinar seus filhos a irem à casa de Deus como forma de agradecer: plantar a semente da fé e do amor a Deus.