Posts Recentes
Posts Em Destaque

15.12.2019. 3º DOMINGO DO ADVENTO


15.12.2019. 3º DOMINGO DO ADVENTO

Isaias 35,1-6a.10; Salmo 145; Tiago 5,7-10; Mateus 11,2-11.

“ÉS TU AQUELE QUE HÁ DE VIR?”

Também no domingo de hoje estão presentes os dois aspectos principais do Advento. De um lado, ouvimos o anúncio profético de Isaías a respeito do Messias da paz, isto é, a PRIMEIRA VINDA; de outro, ouvimos, na 2ª leitura, o Apóstolo São Tiago nos recomendar: “Ficai firmes até a vinda do Senhor”, a SEGUNDA VINDA . Existem também as VINDAS INTERMEDIÁRIAS, nos Sacramentos, etc.

E o Evangelho que lemos hoje começa com um fato chocante: “João estava na prisão” (Mt 11,2). Aliás, esse foi e será o destino de muitos profetas.

Estando na prisão, João Batista deve ter vivido horas de muita angústia, até ser decapitado. Na história de muitos mártires, conta-se que eles sofriam nas prisões mas eram felizes por suportar aquilo por causa de Cristo. O próprio Apóstolo São Paulo se “vangloria” de ter estado preso por causa do Evangelho (2Cor 11,33). Isso porque tinha fé em Cristo e na recompensa futura.

João Batista tinha dúvidas. Mandou perguntar a Jesus se era Ele o Messias ou se deviam esperar um outro. Como resposta, Jesus mandou olhar para os SINAIS de que Ele é o Messias: as curas supra-normais. Elas nos dão a certeza da fé. Certeza a respeito de coisas que ainda não vemos (Hb 11,1).

Cristo não veio resolver o problema da saúde pública. Veio resolver o problema da fé e da vida eterna. As curas, raríssimas, são provas da veracidade de sua palavra e missão. Por isso, quem promete curas milagrosas é um falso profeta. E como tem!

Pois é. Não cremos em “papai noel” mas temos provas e certezas de que Cristo é o Filho de Deus, e que é Deus e Homem, e que nasceu em Belém da Virgem Maria. Nossa inteligência é incapaz de entender os mistérios da fé. Mas temos certeza de que eles são reais, porque existiram pessoas que enxergaram, tocaram, ouviram coisas neste mundo produzidas por uma força do outro mundo.

O Catecismo da Igreja Católica, n.156, diz que existem provas exteriores da revelação. E diz que os milagres de Cristo e dos santos são PROVAS CERTÍSSIMAS DA FÉ. E cita Hebreus 2,4: “Deus nos deu seu testemunho com sinais, prodígios e diferentes milagres”. Os zombadores de nossa fé não querem ver.

Então, as PROVAS EXTERIORES DA REVELAÇÃO existem. Existem milhares de provas de que Cristo é Deus (milagres eucarísticos, etc.). Existem milhares de provas de que existem católicos no paraíso (corpos incorruptos, etc.). E existem milhares de provas de que existe uma única Igreja de Cristo, pois santos e milagres só existem nela.

(Faço um parêntesis. Ao curar enfermos ou realizar outros prodígios, Jesus nunca agiu de forma teatral, nem falando alto, nem chamando a atenção sobre si, nem humilhando os doentes. Nada fez para “aparecer”. Os santos nunca foram exibicionistas. E nunca andaram por aí se gabando de que fizeram milagres. Nunca existiu milagre em ambiente de gritaria, exaltação, presunção, em seitas e falsas religiões.)

Por fim, neste tempo de Advento lembremos que fazer-se “criança” (Lc 18,17) é condição para entrar no círculo dos amigos de Cristo.

Siga
Nenhum tag.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Pedidos de Orações.

Av. Paraná, 5440 - Vila A - TEL:(45) 3524-4000