Posts Recentes
Posts Em Destaque

QUARESMA: ABAIXAR A CABEÇA


Vêm aí os QUARENTA DIAS QUARESMAIS: tempo de preparação para a Páscoa. Tempo de oração, jejum e caridade, como recomenda Cristo no Evangelho que lemos na abertura deste período, QUARTA-FEIRA DE CINZAS.

Na missa desse dia temos o rito da imposição das cinzas: de CABEÇA BAIXA, em sinal de humildade, penitência e conversão. Ao impor as cinzas, pode-se dizer: “Convertei-vos e crede no Evangelho” ou a outra fórmula: “Lembra-te que és pó, e ao pó tornarás”. É uma frase que está no livro do Gênesis 3,19.

Por sua leveza, a cinza é imagem das coisas frágeis e efêmeras. “Sou apenas cinza e pó”, diz Abraão a Deus (Gênesis 18,27). Também Jó faz esta declaração (Jó 30,19). A cinza, na Sagrada Escritura é tida por símbolo e acompanhamento de luto e PENITÊNCIA. Na tristeza e desgraça humana, cobre-se a cabeça com cinza (2Sm 13,19; Jó 42,6; Is 61,3 etc.).

Em todo o caso, ao receber as cinzas, o fiel ouve estas palavras de Cristo: “Convertei-vos e crede no Evangelho”. Pois temos que renunciar às coisas vazias deste mundo. Como diz São Paulo: “Quem se acha importante, está se iludindo a si mesmo” (Gl 3,19). Por isso, toda a pessoa humana tem que pensar no seu fim, e então abandonará as vaidades do mundo. A ressurreição é o nosso destino.

É tempo de CARIDADE (esmola). A Campanha da Fraternidade nos indica atitudes concretas ou atos concretos de amor à humanidade.

Falando em ORAÇÃO, observemos o que nos ensina São Cipriano, nos inícios da Igreja: “Quando nos reunimos com os irmãos e celebramos com o sacerdote de Deus o sacrifício de louvor, temos de estar atentos à reverência e à disciplina devidas” (Liturgia das Horas, III, p. 315).

Na vida dos santos encontramos a melhor interpretação da Sagrada Escritura. No dia 22 de fevereiro, celebra-se Santa Margarida de Cortona. Na sua juventude, foi motivo de muitos escândalos. Era jovem, belíssima, e vivia imoralmente com rico homem. Seu “marido” acabou assassinado. E aí muitas coisas aconteceram, e ela acabou levando vida de penitência e caridade. Inclusive construiu hospital para cuidar, ela mesma, dos doentes. Morreu em 1297 e, como prova de sua santidade e da ressurreição, seu corpo está maravilhosamente e milagrosamente incorrupto, em Cortona, na Itália. Aliás, a Igreja foi a primeira instituição da história ocidental que se preocupou com a saúde pública. Preocupar-se com os pobres sempre foi uma exigência apostólica.

Pe. Aldo Dal Pozzo

Siga
Nenhum tag.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Pedidos de Orações.

Av. Paraná, 5440 - Vila A - TEL:(45) 3524-4000